Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

Fotos: Ascom/SMSclique para ampliarclique para ampliarclique para ampliarclique para ampliarclique para ampliar

clique para ampliarA Vigilância Sanitária de Aracaju (Covisa), que faz parte da Diretoria de Vigilância em Saúde, desenvolveu diversas ações em 2014, voltadas para o monitoramento do risco sanitário, associado ao comércio de produtos e à prestação de serviços relacionados à saúde da população aracajuana. As equipes da Covisa realizaram quase 5,2 mil inspeções sanitárias durante este ano.

Dentre as principais atividades estão as inspeções noturnas nas pizzarias e tendas de beiju e os projetos de fiscalizações nos bares da Orla da Atalaia, dentre outros realizados em estabelecimentos que trabalham com alimentação, a exemplo de supermercados. Também foram vistoriados diversos hospitais, clínicas, farmácias, indústrias de cosméticos e de produtos de limpeza, empresas de dedetização e desratização.  Além das 5.181 inspeções sanitárias realizadas em 2014, a Covisa também emitiu 1.362 licenças, fez a coleta de 726 amostras de água e analisou 201 projetos.

Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Ávio Batalha de Britto, a Covisa participou ativamente de diversas inspeções, treinamentos e reuniões visando melhorar os ambientes que necessitam da fiscalização da Vigilância. “Fizemos treinamentos com os vendedores ambulantes de alimentos, investigamos surtos de Distúrbios Transmitidos por Alimentos – DTA, padronizamos as feiras livres e fizemos inspeções no Ceasa, para adequar o local de acordo com a Legislação Sanitária. Além disso, realizamos reuniões permanentes com o Ministério Público para discutir ações sanitárias”, afirma o coordenador.

Ávio Britto explica ainda que a Covisa participou também do “Projeto MEI – Micro Empreendedor Individual” realizado pela Anvisa, além de desenvolver ações em parceria com outros órgãos. “Foram diversos projetos desenvolvidos junto com a Anvisa, Sesi, Sebrae, Conselhos de classe, Fundat, Emurb e Emsurb. Podemos citar a participação na elaboração do projeto do novo mercado do Augusto Franco, e a capacitação dos comerciantes do Mercado Central em ‘Boas Práticas de Higiene e Comércio’ de produtos alimentícios”.

Durante o ano, a Vigilância também realizou seminários de boas práticas com tatuadores e donos de salões de beleza, aplicou questionários sobre a qualidade dos mamógrafos, desenvolveu exposições teóricas para residentes da UNIT, e participou da equipe de retaguarda para a contingência do vírus Ebola.

A diretora de Vigilância em Saúde, Tereza Cristina Maynard, destaca a importância do serviço da Vigilância. “Esse ano, foram muitas ações desenvolvidas, uma delas que também merece destaque foi a colocação no site da Prefeitura de Aracaju da documentação necessária para aquisição da licença sanitária. Com esses documentos no site, a Vigilância facilitou muito o seu trabalho, pois as pessoas não precisam ir até a Covisa para saber quais os documentos que precisam levar”, explicou a diretora.

Extraído do Portal da Prefeitura de Aracaju.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: