Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

O IBAMA deflagrou operação para combater a pesca irregular de lagosta no litoral potiguar. Batizada de “Marambaia”, a ação tem o objetivo é identificar o armazenamento de tambores vazios de produtos químicos, pneus e diversas sucatas que são utilizados na confecção das conhecidas armadilhas ilegais para a pesca da lagosta, chamadas de Marambaia. Os primeiros alvos, em fiscalização que ocorreu na última sexta-feira, 13/02, foram os Municípios de Rio do Fogo e a Praia de Muriu, em Ceará Mirim, localidades bastante conhecidas pela prática da pesca ilegal da lagosta.

No total foram apreendidos 214 pneus e 122 tambores de produtos químicos. Também foram recolhidas 22 marambaias prontas para serem lançadas no mar. Três pessoas foram autuadas em R$ 420 mil cada e deverão responder na justiça por crime ambiental, cuja pena pode chegar a quatro anos de reclusão.

Segundo a Chefe da Fiscalização do IBAMA/RN, Cláudia Zagaglia, o lançamento de marambaias para capturar lagostas é uma infração grave, pois além de poluir o mar, acaba contaminando as lagostas que, se forem consumidas, podem causar intoxicações nos seres humanos. “A lagosta produzida no Rio Grande do Norte é quase totalmente irregular”.

O IBAMA alerta que todo depósito de material tóxico ou potencialmente poluidor, como tambores, pneus, botijões necessita de licença ambiental para funcionar. Situações suspeitas que envolvam essas embalagens podem ser denunciadas pela Linha Verde 0800-61-8080.

Extraída da Tribuna do Norte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: