Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

Objetivo era pressionar o prefeito Carlos Eduardo para a instauração da mesa de negociações sobre a Data Base

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (13), exatamente uma semana após a deflagração do retorno à greve, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) volta à sede do poder executivo municipal. Foi montado um acampamento, que se estendeu durante toda a manhã e teve como objetivo pressionar o prefeito Carlos Eduardo para a instauração da mesa de negociações sobre a Data Base.

A ocupação do espaço em frente à prefeitura estava marcada para a terça-feira, contudo, o Sinsenat decidiu adiar a agenda em decorrência do falecimento de Agnelo Alves. Durante a semana, as demais atividades foram mantidas, inclusive a ida à Câmara dos Vereadores na quarta-feira, para acompanhar a votação da Dívida Ativa, projeto que o prefeito tentou vincular à luta dos servidores.

“O prefeito queria que a Data Base só fosse negociada quando a Dívida Ativa fosse votada, mas nós nunca aceitamos isso”, explica Soraya Godeiro, coordenadora do Sinsenat. “A Data Base é uma lei, um direito do servidor e um dever da gestão, não faz sentido ela depender de outros projetos”, finaliza.

Extraído do Portal da Tribuna do Norte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: