Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

img_altNa tarde de segunda-feira (05.10), o Prefeito Geraldo Julio nomeou 321 novos guardas que vão reforçar a segurança na capital já a partir do início de novembro.(Foto: Andréa Rêgo Barros/ PCR)

Cumprindo mais um compromisso firmado no seu plano de governo, o Prefeito Geraldo Julio assinou, na tarde de segunda-feira (05.10), a nomeação de 321 novos guardas municipais, procedentes de concurso realizado em janeiro deste ano. Os agentes que vão reforçar a segurança pública do Recife passaram por curso de trânsito e preservação ambiental, o que vai permitir que eles atuem tanto no Patrimônio, na CTTU ou na Brigada Ambiental. O novo quantitativo de agentes vai reforçar em cerca de 30% o efetivo da corporação, que atualmente é de 1.104 e vai passar para 1.425.

“A segurança pública é um dever de toda sociedade, dos governos federais, estaduais e municipais também. Hoje estamos nomeando 321 guardas municipais, o que é um terço a mais do que temos nas ruas do Recife, para prestarem serviço nas praças, nos parques, nas unidades de saúde, nas nossas escolas, nas nossas creches. Todos eles já foram capacitados e estão preparados para entrar em atividade. Além disso estão motivados, animados, já que em um momento como esse tivemos na União o cancelamento e adiamento de concursos, e aqui no Recife fizemos diferente, conseguimos fazer essa nomeação, com muito esforço, com muita dedicação, mas garantindo o melhor para a população que vai ter mais segurança nas ruas”, afirmou o Prefeito Geraldo Julio.

O concurso para a Guarda Municipal do Recife teve 45 mil candidatos e foram oferecidas 1.355 vagas. Este grupo de 321 nomeados faz parte da primeira chamada dos selecionados. O restante deverá ser chamado até o fim da gestão. A seleção foi realizada em duas etapas, uma que consistia em uma prova de nível médio, exames médico, físico e psicotécnico, e uma segunda etapa, que formou os novos agentes, com aulas de capacitação de 500 horas, sendo 400 presenciais e 100 à distância.

“A segurança pública é um dever de toda sociedade, dos governos federais, estaduais e municipais também.”

De acordo com o Secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti, a iniciativa, que faz parte do Plano de Cargos e Carreiras e Vencimentos (PCCV) da Guarda Municipal do Recife, sancionado pelo Prefeito Geraldo Julio em dezembro de 2013, é mais um reforço às políticas de enfrentamento à violência implementado pela gestão: “Desde o primeiro momento que assumimos a secretaria verificamos que o Recife não é uma cidade violenta, até como aponta uma pesquisa recente onde fomos reconhecidas como a cidade mais segura do Nordeste. Acontece que temos bairros violentos, então a insegurança está localizada em alguns pontos do Recife. Este novo efetivo vai reforçar o trabalho que já estamos cuidando de melhorar, garantindo ainda mais segurança para a população”, destacou o Secretário.

O PCCV foi elaborado por uma comissão formada por três membros do governo e três membros da categoria, aprovado na íntegra e por unanimidade pelos vereadores do Recife. Com sua implementação, a categoria teve um reajuste de 40% no salário base, a partir de setembro de 2014. Os agentes também tiveram outros ganhos, como: promoção de 51% do efetivo; manutenção do padrão salarial nos afastamentos legais, como férias e licenças médicas, além de compor os proventos para aposentadoria; nova estrutura da carreira, valorizando o tempo de serviço e a meritocracia; reajuste do adicional de risco de vida; aumento de 162,5% na gratificação de incentivo e segurança patrimonial, entre outros.

Os novos servidores, nomeados nesta segunda, terão salário de R$ 1.082,82, mais gratificação de R$ 525 e risco de vida de R$ 324,85 – totalizando uma remuneração de R$ 1.932,67. No dia 30 de outubro, no auditório Tabocas no Centro de Convenções, será realizada uma solenidade de posse coletiva, e já no início de novembro os novos guardas já começam a atuar nas ruas.

RANKING – O Recife foi considerada, mais uma vez, a capital mais segura do Nordeste. É o que confirma o ranking divulgado na quarta-feira (30.09) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. A pesquisa utilizou dados referentes a 2014 e analisou a ocorrência de crimes violentos letais intencionais (CVLI). A capital pernambucana encerrou o ano passado com uma taxa de 32 por 100 mil habitantes, ficando entre as dez capitais mais seguras do Brasil.

A taxa do Recife foi bem menor que a registrada pelo segundo lugar no ranking do Nordeste, Aracaju, que encerrou o ano com 47 homicídios para cada 100 mil habitantes. Em 2013, o Recife também apareceu como a capital mais segura do Nordeste. Os dados foram publicados no 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Extraído do Portal do Município do Recife.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: