Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

Extraído do Portal Gazeta do Triângulo.

Da Redação

Na mesma data, três pessoas receberam voz de prisão por desacato a policiais militares

A Polícia Militar apreendeu, nesse domingo, 20, dois veículos na região central do município devido à poluição sonora. Na mesma data, três pessoas receberam voz de prisão em um posto de gasolina por desacato aos oficiais.

Durante a madrugada de domingo, a Polícia Militar compareceu à avenida Coronel Theodolino Pereira de Araújo, acionada pelos fiscais de Meio Ambiente da prefeitura. De acordo com informações dos oficiais, após denúncias de perturbação de sossego público, foi aferida a emissão do ruído e identificado que o barulho emitido pelo aparelho de som estava acima do permitido por lei, que é de 75 decibéis.

O veículo conduzido pelo jovem W.M., 27 anos, possuía dois autofalantes de 12 polegadas, quatro de 6/9 polegadas, dois twiter, uma corneta, um crossover e uma potência de 2400 w. Diante dos fatos, o condutor recebeu voz de prisão por poluição sonora e, devido à impossibilidade de desmontar os aparelhos de som, o veículo foi apreendido e encaminhado ao pátio.

Ainda no domingo, os oficiais compareceram à rua Quinca Mariano, Centro, acionados por fiscais do Meio Ambiente. Após aferir a emissão do ruído, os fiscais identificaram que o barulho estava acima do que é permitido por lei. O condutor, B.D.F., 21 anos, recebeu voz de prisão e teve o veículo apreendido, devido à impossibilidade de remover as caixas de som.

Na mesma data, a Polícia Militar compareceu a um posto de gasolina, na avenida Coronel Theodolino Pereira de Araújo, devido a uma denúncia de porte de arma de fogo. No local, os oficiais identificaram várias pessoas consumindo bebidas alcoólicas, e J.L.G.S., 27 anos, ao ser questionado, se comportou de forma ríspida e não seguiu as orientações, além de agir com deboche e ofensas de baixo calão. Devido aos fatos, o jovem recebeu voz de prisão em flagrante por desacato.

Diante da prisão, a irmã do jovem, C.G.S., 31 anos, e sua namorada, M.L.A., 35 anos, começaram a ofender os militares e investiram contra os oficiais tentando impedir a prisão. As duas mulheres também receberam voz de prisão em flagrante por desacato.

Os oficiais acionaram o conselho tutelar, pois M.L.A. estava com dois menores (uma menina de 13 anos e um menino de 8) em um local onde havia consumo de bebida alcoólica. A conselheira tutelar entrou em contato com o pai das crianças, que assumiu a guarda provisória.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: