Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

Escrito por Claydson Motta

As ações contra a “Poluição Sonora” serão intensificadas em Prado. O objetivo é evitar abusos de poluição sonora, frequentes nessa época do ano. De acordo com o Subtenente Agnaldo Lima, haverá mais fiscalização do efetivo policial.

subtenente_agnaldo_lima_3_pelotao_da_policia_militar_do_prado

A operação vai reunir a Polícia Militar do 3º Pelotão e Agentes Ambientais. Com isso, a punição aos infratores será mais rápida. O Subtenente Agnaldo Lima, alerta que, quem for pego com o som do veículo ligado em via pública, por exemplo, será automaticamente conduzido até a delegacia, ainda de acordo com o comandante do 3º Pelotão de Prado. “A pessoa que proceder dessa forma, será autuada por realização de atividade recreativa não autorizada e perturbação do sossego alheio”, disse. “Vale ressaltar que a autuação será imediata”, acrescentou, lembrando que equipes que fazem o policiamento no município estão preparados para agir nesse sentido.

Ainda segundo o Subtenente, 90% das ocorrências em Prado, é sobre o som alto. E vale alertar que, a “poluição sonora” é crime, cabendo prisão em flagrante, além de multa.

som-strada

Poluição sonora – O Subtenente explica que, para que a ocorrência de poluição sonora seja considerada, é necessário levar em conta fatores como horário e localização. “No entanto, podemos afirmar que, no geral, 45 decibéis durante o dia e 40 decibéis durante a noite em área residencial, com hospitais e escolas, é considerado poluição sonora. Em área comercial, a partir de 55 decibéis durante o dia e 50 decibéis durante a noite”, explicou.

man-93951_1920É preciso conscientizar a população para que se desfaçam alguns mitos. As pessoas acreditam que, até as 22h, pode ser feito qualquer barulho. Isso não é verdade. A qualquer hora do dia, não é permitida a perturbação do sossego alheio.

As ações da operação ocorrerão em conjunto com as Polícias Militar, Civil, Ministério Público e Poder Judiciário, e conduzirá à delegacia qualquer pessoa que cometa poluição sonora. O alvo principal são aqueles que permanecem com som alto em carros, bares ou outros ambientes que venham a incomodar a população.

“Não vamos mais permitir que haja reincidência. O infrator não será mais advertido duas vezes. Ele será levado à delegacia, terá o equipamento apreendido e será feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência para que o mesmo responda na Justiça por perturbação alheia”, explicou o Subtenente Agnaldo Lima.

Extraído de Prado Notícias.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: