Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

Extraído do Portal da Municipalidade do Natal.

Importante ferramenta na gestão e no planejamento de ações e medidas de promoção à saúde e prevenção e combate à doenças, o mapeamento da rede de assistência e das áreas de abrangência das unidades de saúde da família do Município do Natal é desenvolvido pelo Núcleo de Territorialização do Departamento de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (DAB-SMS). A ação garante a melhoria do processo de trabalho dos gestores e dos profissionais da saúde municipal.

A responsável pelo Núcleo de Territorialização do DAB-SMS, Aline Ferreira, explica que, com o conhecimento do território de atuação de cada unidade de saúde e de cada uma das equipes em atuação, é possível um melhor planejamento das ações em função do entendimento e da compreensão da realidade do local, das características sociais, econômicas, demográficas e epidemiológicas.

“O objetivo é organizar o território da saúde, principalmente da Atenção Básica, com a delimitação das áreas de abrangência das unidades com estratégia saúde da família, áreas de equipes e microáreas; fazer estudos de indicadores socioeconômicos, de vulnerabilidade e epidemiológico para conhecer o perfil dos usuários atendidos e também cálculos de cobertura da atenção básica e outros indicadores de saúde”.

Ela afirmou também que, entre os benefícios da territorialização da saúde para os usuários, estão a inclusão destes no cadastro das unidades de saúde da região mais próxima de sua residência, passando pelo acompanhamento e cuidados continuados pela equipe responsável pela área.

“Atualmente, temos 132 equipes de saúde da família, distribuídas em 42 unidades de saúde, sendo compostas geralmente por cinco agentes comunitários de saúde, médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e, no caso desta oferecer Saúde Bucal, também tem um odontólogo e um auxiliar”.

Geoprocessamento 

O mapeamento da rede de assistência e das áreas de abrangência das unidades de saúde do município é feito usando técnicas de geoprocessamento, que acompanham as mudanças ocorridas no território, e elaboração de mapas temáticos.

O Núcleo de Territorialização do DAB foi criado em 2013 e realiza diagnósticos territoriais referentes aos aspectos populacionais, socioeconômicos e estruturais do município, que demonstram as áreas de maior vulnerabilidade e os vazios assistenciais da rede de atenção básica. Para isso, são usadas ferramentas de geoprocessamento, que auxilia de forma eficaz.

“Esses diagnósticos permitem o direcionamento das ações em saúde, construção e ampliação das unidades básicas e redimensionamento das áreas de atuação destas. Também contribui para o acompanhamento dos territórios com relação ao processamento de dados e suporte no monitoramento de indicadores”, explicou Aline Ferreira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: