Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN


Foto: Uilton Campos/Parque da Cidade

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte recebeu o maior público, em um único evento, durante o lançamento da Campanha da Fraternidade ocorrida no domingo (05.03), que tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”.

O lançamento da Campanha da Fraternidade 2017, foi promovido pela Arquidiocese de Natal junto às paróquias da capital potiguar e grande Natal que formam o Vicariato Urbano. O evento começou às 14h30, com acolhida das caravanas, apresentações teatrais, leituras bíblicas que levam à reflexão do tema, a preservação dos biomas e cujo lema é “Cultivar e guardar a Criação” e foi encerrado com a missa celebrada pelo Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira da Rocha.

Cerca de 6 mil pessoas participaram do lançamento e lotaram todas as dependências do Parque da Cidade. O hall de visitantes, a biblioteca, a sala de exposição dos animais, a torre panorâmica e a praça de eventos onde foram montados o palco principal e tendas nas laterais abrigaram os fiéis que tentavam aplacar um pouco a incidência do sol da tarde de domingo. “Batemos recorde de público e estamos felizes que tudo tenha dado certo e os organizadores e visitantes tenham saído satisfeitos com o serviço oferecido”, comemorou o Gestor do Parque, Carlos da Hora.

A Companhia de Limpeza Urbana do Natal (URBANA) disponibilizou lixeiras em toda área e providenciou a limpeza do local e, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) enviou Agentes de Trânsito para organizar o trânsito, disponibilizou vans para ajudar no transporte das pessoas com dificuldades motoras até o pátio de eventos e também disponibilizou um equipe de educadores do trânsito que fez diversas performances nas imediações do Parque.

Na homilia, Dom Jaime alertou para o desleixo das pessoas que jogam lixo na rua, logo depois que o caminhão de coleta passa ou pela janela do carro e, além de correr risco de provocar acidentes, acabam entupindo bueiros e afetando a natureza.  Ele destacou a preocupação com a o fato das pessoas muitas vezes tomar um refrigerante ou cerveja e jogar a lata pela janelo do carro, sem se preocupar com o grave acidente que pode causar se a latinha bater no para-brisa do veículo que vem atrás.

“O mais triste é você perceber que nós estamos ainda na estaca zero em termos de educação. Do povo, da comunidade, zelar pelo meio ambiente. Aí, a esperança de um Brasil melhor, de um povo mais civilizado e educado, desce dez pontos na escala da minha esperança. Mas, não podemos perder a esperança, temos que lutar para que possamos vencer, vencer! Então, vem aí o saneamento básico de Natal e se nós não tivermos essa educação, as galerias vão continuar entupidos, os acessos vão continuar inacessíveis por falta de drenagem, porque o lixo está atrapalhando”, afirmou o Padre.

Dom Jaime conclamou todos a lutar e ter consciência de que somos responsáveis pelas doenças causadas pela proliferação do lixo descartado em qualquer lugar, de forma errada. “Quando o carro do lixo passa, parece que a pessoa faz de propósito. Passou o carro, ele vai e joga o lixo na mesma hora, no mesmo lugar. Que espírito de urubu!! Vamos ajudar a ter uma vida melhor, com menos mosquitos, menos dengue, menos chikungunya, menos essas mazelas que vem porque nós somos um povo relapso, irresponsáveis”, conclamou o Arcebispo Metropolitano, dando continuidade à celebração eucarística.

Extraído do Portal da Municipalidade do Natal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: