Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN

Arquivo para dezembro, 2017

Natal|RN – Crise na Segurança Pública

Vergonha para o (des)governador robinson faria que se elegeu com o tema: o governador da segurança.

Anúncios

Natal|RN – Crise na Segurança Pública

Natal|RN – Crise na Segurança Pública uma história antiga

Veja a situação do ITEP em 2014.

Natal|RN – Crise na Segurança Pública não e de hoje

Para quem pensa que a crise na segurança começou hoje, veja a matéria de 2014.

Natal|RN – Crise na Segurança Pública

Natal|RN – Ações da Guarda Municipal em mais uma noite de caos na Capital Potiguar

Vejam o importante trabalho da Guarda Municipal do Natal no atendimento das ocorrências de violência durante a greve da polícia do Estado que já se dura 12 dias.

Prefeito, tá na hora de melhorar o orçamento, a estrutura e realizar novo concurso para a Guarda Municipal. Ela já mostrou seu valor e sua importância.  É inadmissível que o orçamento da Guarda seja menor que o da publicidade.  Francamente, prefeito, isso é uma vergonha.

Esse blog apoia as justas reivindicações da polícia estadual.  Sr. (des)governador robinson faria, salário justo, em dia e melhores condições de trabalho. Não é pedir demais. É sua obrigação.  Se não consegue prover isso, peça para sair.

Parabéns aos homens e mulheres de sangue azul.

 

Rio de Janeiro|RJ – Rio+Seguro registra mais de 600 abordagens a suspeitos e 19 prisões em duas semanas

Ações resultaram na fiscalização de cerca de 600 estabelecimentos e 600 ambulantes, 1.100 podas de árvores e 80 acolhimentos à população em situação de rua

Por G1 Rio

PMs do programa Rio +Seguro fazem abordagens (Foto: Divulgação)
PMs do programa Rio +Seguro fazem abordagens (Foto: Divulgação)

A Prefeitura divulgou no domingo (17.12) números do programa Rio + Seguro, coordenado pela Secretaria Municipal de Ordem Pública. Em duas semanas, agentes realizaram mais de 600 abordagens a suspeitos, 70 conduções à delegacia e 19 prisões nos Bairros Copacabana e Leme.

Entre as prisões, sete foram de foragidos da justiça, cinco de contraventores e as demais de flagrantes por furtos, roubo e ameaça. Desde o dia 3 de dezembro, a Guarda Municipal esteve em mais de 200 ocorrências, a maioria referente ao cumprimento do código de posturas, incluindo a retirada de mais de 70 animais e 10 campings das areias das praias e apreensão de 700 mercadorias comercializadas irregularmente. Na manhã deste domingo, dia 17, as equipes auxiliaram um turista mineiro que se perdeu do seu grupo de viagem.

Segundo a Prefeitura, o projeto associa planejamento, inteligência, tecnologia e integração entre diversos órgãos municipais e as forças de Segurança do Estado, para tornar o ambiente menos propício à criminalidade. Para coibir o comércio ilegal, a Coordenadoria de Gestão dos Espaços Urbanos (CGEU), um dos órgãos que integram o programa, abordou 631 vendedores ambulantes, dos quais 210 não possuíam autorização. Entre os legalizados, 39 foram multados e 17 notificados. O órgão apreendeu ainda mais de 270 produtos.

Já equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) abordaram 646 pessoas em situação de rua. Dentre elas, 80 adultos aceitaram o acolhimento e três menores foram encaminhados ao Conselho Tutelar. Também foram realizadas oito reinserções, quando a pessoa retorna ao próprio lar. Para melhorar a iluminação pública e a visualização da sinalização de trânsito e câmeras, a Comlurb realizou 1.100 podas de árvores.

Fiscalização de estabelecimentos

Como forma de coibir outras práticas irregulares no setor de comércio e serviços, cerca de 600 estabelecimentos foram fiscalizados. Somente a Subsecretaria de Vigilância Sanitária realizou na última semana 419 inspeções em bares, restaurantes, supermercados, clínicas médicas, salões de beleza, óticas e hotéis de Copacabana. Foram aplicadas 67 multas, inutilizados 130 quilos de alimentos impróprios para consumo (como queijos sem identificação e pescados conservados inadequadamente em um supermercado) e interditados oito estabelecimentos, entre eles um consultório ginecológico improvisado. Na noite deste sábado, dia 16, os técnicos interditaram o restaurante Manoel & Juaquim, que fica na Avenida Atlântica.

Segundo o programa, a interdição aconteceu por falta de asseio nas instalações e maquinário e até buracos no forro. A Vigilância Sanitária realizou ainda 52 inspeções em quiosques da orla e aplicou 30 multas. Já a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF) vistoriou 187 estabelecimentos, aplicando 107 advertências e 49 multas, sendo a maioria por mesas e cadeiras nas calçadas. Em operação especial para coibir a venda irregular de thinner (produto químico consumido como entorpecente), foram 13 vistorias e 10 multas.

Extraído do Portal G1.