Fiscalização de Atividades Urbanas – FAU – Natal/RN


Essa é a terceira operação realizada pela equipe de Drogas e Medicamentos em 2018.

Uma operação realizada pela Divisão de Drogas e Medicamentos do Departamento de Vigilância Sanitária interditou duas farmácias no Bairro Águas Lindas e apreendeu medicamentos irregulares na feira da Terra Firme. A ação se estendeu ainda no Bairro Benguí, onde duas farmácias denunciadas foram encontradas fechadas, e no mercado do Guamá, no qual o denunciado fugiu assim que avistou a fiscalização.

Essa é a terceira operação realizada pela equipe de Drogas e Medicamentos em 2018, que visa coibir a venda irregular de medicamentos e identificar estabelecimentos sem a presença do profissional farmacêutico, sem licença de funcionamento e sem a origem dos medicamentos vendidos. “É um trabalho que realizamos continuamente desde 2013, que soma 16 ações ostensivas de fiscalização, inclusive com interdito do estabelecimento fiscalizado, e que tem por principal objetivo garantir a qualidade e a segurança dos medicamentos que a população está consumindo. A cada operação que realizamos percebemos a diminuição da clandestinidade”, afirma Randolfo Coelho, Coordenador da Divisão.

Na operação de hoje, a fiscalização identificou antimicrobianos sem nota fiscal e locais sem a mínima estrutura para a venda de medicamentos. “Para definir os estabelecimentos fiscalizados hoje, fizemos uma busca ativa nos bairros e identificamos as irregularidades. Alguns locais são reincidentes e as equipes já fizeram as orientações, mas não houve readequação, então interditamos. No caso da Terra Firme, a venda estava sendo feita a céu aberto de xaropes sem registro sanitário e que são ‘indicados’ para todos os tipos de doença”, explica Randolfo.

Cinco Fiscais do Departamento de Vigilância Sanitária e viaturas da Guarda Municipal participaram da ação. Em cinco anos de operação, mais de três toneladas de medicamentos com irregularidades já forma recolhidos pelo órgão e incinerados.

Os proprietários dos estabelecimentos que tiverem o interesse de se legalizar no segmento farmacêutico devem procurar o Devisa para dar início ao processo de licença de funcionamento e não podem reabrir o estabelecimento até a liberação do documento. Denúncias podem ser feitas ao Departamento de Vigilância Sanitária localizado na Travessa FEB, 77, no Bairro São Brás.

Por Paula Barbosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: